Católica-Porto moderniza formação na Síria e Jordânia

A Católica-Porto apoia a modernização da formação na Síria e Jordânia na área da engenharia do ambiente. A Escola Superior de Biotecnologia foi a entidade escolhida para apoiar a reestruturação nesta área e, assim, responder às alterações ambientais.

 

O nome dado ao projecto de colaboração é Egreen. A Escola Superior de Biotecnologia (ESB) da Católica-Porto foi a entidade portuguesa escolhida para, em conjunto com uma universidade alemã e uma austríaca, apoiar as universidades sírias e jordanas a reconfigurar a formação na área ambiental e, desse modo, responder às alterações climáticas.

Durante três dias (até sábado, 20 de Janeiro), a ESB recebe alguns directores e professores destas instituições, que vêm a Portugal para participar na reunião de trabalho do consórcio internacional que envolve seis universidades jordanas e três sírias.

O Egreen tem como principal objectivo possibilitar que estes países passem a oferecer uma formação diferenciadora e compatível com as normas europeias, através do reforço do ensino ambiental. Com a consultoria da Católica Porto – assim como das parceiras alemã e austríaca –, pretende-se que a oferta formativa síria e jordana nestas áreas saia reforçada e que seja capaz de formar profissionais com competências que lhes permitam responder às actuais e constantes alterações ambientais.

O projecto Egreen é um programa internacional, co-financiado pelo programa Erasmus+ da União Europeia.

Veja também estas notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.